Eu estava lá

by - May 08, 2014

Sarah Outeiro

Sobre um passado não tão distante.

Outro dia trocamos poucas palavras. Minhas noites tem sido péssimas eu sei lá o que acontece, mas parece que eu sempre estou fazendo tudo errado. 1 pequeno problema me trouxe tantos outros. A vontade é de gritar: "Meu Deus, porque todas as coisas ruins tem que acontecer comigo, e tudo de uma vez só?" Eu precisava dele. Do abraço. Precisei de atenção, mas ele não podia dar. 

Eu pensei em gritar pra que ele pudesse ouvir, mas eu sabia que eu estaria sendo egoísta demais se eu fizesse isso. Eu estaria pensando só em mim, só nos meus problemas e não nos dele. Então depois de contar brevemente o que tinha me acontecido eu simplesmente disse: "Não se preocupe comigo, ta tudo bem, vou tomar banho e ir dormir" quando no fundo eu queria ve-lo, queria conversar. É difícil demais saber como agir nesses momentos em que preciso dele mas não posso mostrar.

Eu chorei bastante ontem a noite. Me senti sozinha. Desprotegida. Atacada. Me senti pequena. Me senti vazia. Me senti ainda mais distante. Me senti um lixo. Ele tem sido o único motivo pelo qual eu quero seguir com a minha vida. Ele tem sido a minha luz, a pessoa que faz com que eu acredite em mim. E sinceramente? Eu tenho muito medo disso. Eu não queria estar assim tão dependente dele, mas eu já estou. Eu tenho muito medo de me entregar, e por mais que eu ache que ainda não me entreguei completamente, eu sei que quando isso acontecer tudo pode ficar ainda pior pra mim.

Senti falta dele ontem. Senti falta de atenção. Senti falta do carinho que ele tem em suas palavras. 
Hoje: não mais.

You May Also Like

0 comments

Obrigada pela visita :)