Coloridamente sem cor.

by - July 03, 2013

Foto: Pâmella Ferrari

              É assim que sinto minha vida as vezes. As cores vão se perdendo no meio de um dia cinza. Há dias o sol não aparecia e eu já estava ficando transparente. Minha vida que já não é lá cheia de emoções, ficava ainda mais sem graça, sem cor, sem vida. Brigar com quem eu gosto, com quem amo é sempre um sofrimento pra mim, é sempre doloroso saber que há alguém mal comigo, ou estar mal com alguém com quem tanto me importo. Tento não pensar, tomo um café, tomo água, tomo um suco, tomo a dor que fica e a angústia sempre que tento resolver algo e não consigo.

                Porque não podemos resolver os problemas quando eles acontecem? Porque as vezes é preciso refletir sobre algo durante horas e horas até perceber então, que estivemos errado esse tempo todo? Porque simplesmente não podemos perceber quando erramos no exato momento em que erramos? Porque tantos porquês? As vezes chego a conclusão de que nunca consigo chegar a conclusão alguma. Que sempre que tenho um problema, perco tempo demais pensando no próprio problema do que na solução. Porque pensar demais sempre me atrapalhou, e em quase meus 23 anos ainda me pego nos mesmo erros. Preciso de mais alguns café's, estou pensando no mesmo problema há 3 longos dias... e talvez dure mais alguns se eu não resolver tomar alguma atitude. Gosto muito de ler os textos de NanaCaê. Eu sempre me identifiquei demais com tudo que ela escreve. Sabe aquelas pessoas que parecem transmitir o que estão sentindo com as palavras? Quando você sente o cheiro, vida. É assim que eu me sinto toda vez que leio as coisas que ela escreve. Sim, sou uma fãzinha dela. E pra acabar, vou deixar um que eu gostei muito:

"O que te move não é a vida, o medo da morte que não te deixa ficar parado. A sua morte ou de quem você ama. Cada amor concluído é um amontoamento na contagem. Cada desenlace de amizade é um peso a mais pra você se movimentar. Porque simplesmente não amamos apenas uma pessoa durante toda a vida?" 
Ouça também.

You May Also Like

0 comments

Obrigada pela visita :)