Pense menos e faça mais.

by - May 15, 2013

É assim que eu decidi passar por essa dor terrivel que foi tampar a tatuagem que eu tinha na costela. Quando tudo o que vem na sua cabeça é todas as frases ditas por pseudos amigos e amigos dos amigos pra quem você tinha feito a tatuagem, todos eles diziam a mesma coisa: "troxa é quem faz tatuagem com nome de namorado" "ah vai dar uma fodinha e o cara vai ta la vendo o nome do outro" coisas de nivel normal até frases de baixo calão eu tive que ouvir. Eu ouvia sim e tinha que ficar calada, porque nada além da minha vontade de ter feito aquilo me apoiava de verdade, nem a pessoa que eu tinha escrito o nome. Alguns detalhes tiveram que ser levado em consideração... A verdade é que essa tatuagem sempre vai estar aqui em mim, e de que adianta arrancar uma tatuagem da pele e não arrancar sentimentos do coração? De que adianta ocultar algo pra não se lembrar e a cada musica e cheiro te fazer lembrar de tudo o que você viveu? De nada adianta. A verdade é que o começo, um bom começo é tentar amenizar tudo, transformando toda a grandeza em meros detalhes que fizeram parte da sua vida. Uma coisa eu aprendi: nada nem ninguem pode ser maior do que você é. De fato, a tatuagem continua na minha pele, mesmo que por baixo de uma rosa. Ela estando aqui não muda o fato de eu saber o que tem por baixo disso tudo. Tatuagem pra mim é historia, e não quero apagar a minha, na verdade tudo o que fiz foi ocultar uma historia que se tornou dolorida pra mim, da qual eu não podia mais me lembrar todos os dias quando me olhasse no espelho antes de tomar banho. Ela esta oculta agora, mas mesmo depois de oculta-la percebi que ainda lembro da historia dela, do porque ela esta ali. Esquecer de me lembrar se tornou uma tarefa muito dificil, mas tenho certeza de que a historia e as lembranças não ficaram apenas na pele, e sim no pensamento, na lembrança, nos aeroportos, nos feriados e horas iguais. 

O que eu aprendi?


A gente tem que construir nossa historia do jeito que achamos que é o certo. As pessoas são muito crueis em seus comentarios e opinioes, e infelizmente as vezes nos deixamos levar por algo que talvez não incomodasse ninguem. Quem me quiser, vai querer minha historia tambem. Vai querer tudo que fui e tudo que me tornei. Se não quiser, estarei bem aqui com a historia que construi. Temos que aceitar as pessoas como elas realmente são: com defeitos, historias mal resolvidas, parentes e manias, qualidades e sonhos te levando pra passear num Vectra Edição de Colecionador ou num Palio 98, morando em um bairro nobre ou em um bairro simples. O importante mesmo é a gente se importar com quem se importa com a gente. Nunca tente mudar quem você é, quem você foi e quem você quer ser. Você é o dono dos seus proprios sonhos e planos e só você decide a hora certa de parar. Conte consigo sempre. 

Run For Your Life!


You May Also Like

0 comments

Obrigada pela visita :)