Don`t waste your time on me.

by - October 23, 2012

"Eu largo meu egoísmo de lado e divido minha vida chata com você, felicidades, tristezas, problemas e desafios vão ser mais legais e menos difíceis com você do meu lado."
O que eu posso dizer? Eu acho que desde o primeiro dia em que comecei a sentir alguma coisa eu gostei de estar sentindo aquilo. As vezes eu me culpava por sentir. As vezes eu não queria sentir nada. Eu só queria não sentir medo, e toda vez que eu sentia aquilo o medo ia embora. Mas era errado sentir, mas eu não podia controlar, e então eu desejava sentir de novo e outra vez. Hoje é diferente, eu sinto e gosto de sentir, mas quando vejo que só eu sinto eu tenho vontade de não sentir mais. Hora, não me ache estranha, você acha que pode vir aqui ler as coisas que eu escrevo e acha que vai sair daqui sorrindo sempre? Claro que não. 

"Where you can always find me" é aqui. Este é o lugar que você sempre vai vir pra saber como eu estou, o que esta acontecendo, como eu ando me sentindo. Será que uma ligação, uma visita não seria mais agradável? É muito mais fácil saber o que esta acontecendo do lado de fora, dai desse seu lado. Sinceramente, se você não sabe o que anda acontecendo comigo, é porque realmente você não deveria saber ou porque não teve vontade de saber.

Existem várias maneiras de se descobrir o que a gente quer: você escolhe se quer da melhor maneira ou da mais cruel, desafiante e dura. Ouvindo I Miss You do Blink 182 eu cheguei a conclusão de que toda vez que eu lembro de como eu era, eu não sinto a menor saudade. 

Se você quisesse saber como eu estou me sentindo hoje, eu diria: cansada. Andei pensando em muitas coisas para escrever, temas pra que eu mesma pudesse escrever sobre coisas que me afligem. Andei meio ocupada com coisas que não me agregam, mas que fazem meu tempo passar. Amanhã resolvi trabalhar, mas sou boa em uma coisa: sou bem rápida no meu trabalho. Consigo fazer as coisas e me livrar delas em apenas algumas horas. Acho que tem algo de bom aí, quem sabe.

Hoje por um acaso no skype, recebi um convite pra participar daquele programa de tv (bizarro) de novo. Eu ainda não sei qual vai ser o tema de hoje, mas se eu posso dizer algumas palavras ali de graça, que possa servir pra alguém, por que não? Já que algumas pessoas não dão a mínima pro que eu penso, e me julgam como errada, outras talvez me admirem por certas coisas que sou e digo.

Bom, o dia ainda não acabou e eu tenho tanto o que falar. Me pondero sobre coisas que sinto e que gostaria de falar porque afinal de contas isso aqui é tão público e não quero ficar ainda mais vulnerável. Senti falta de falar ao telefone. Senti falta de coisas que fazia e que não fiz ontem e nem hoje. Mas do mesmo jeito que nós nos acostumamos com algumas coisas, nós temos que nos desacostumar... Tudo se resolve com o tempo, ele é o remédio pra todas as coisas (boas e ruins).

Já tomei muito café hoje, talvez eu não durma... Outra vez.

You May Also Like

0 comments

Obrigada pela visita :)