Adeus

by - August 01, 2012

Já disse isso inumeras vezes e nunca consegui cumprir, mas acho que estou prestes a abrir mão de coisas que eu mais gosto pra tentar mudar. Minha vida sempre foi muito publica, e talvez eu esteja num momento de me reservar se eu finalmente quiser ser feliz. Sim, isso significa que eu não vou mais falar sobre minhas angustias, sobre o que me deixa aflita ou simplesmente desabafar quando estou triste. Significa que agora eu escolhi engolir e guardar tudo pra mim. Quem sabe eu comece a resolver os meus problemas de uma forma deiferente, quem sabe tudo melhore, quem sabe?! 

Vou sentir muita falta disso aqui. Vou sentir falta de passar madrugadas me lendo só pra ver o quanto eu melhorei e evolui nesses 3 anos, ou só pra ver como ainda sou a mesma menina apaixonada que adora escrever o que sente em blogs que ninguem lê. 

É decepcionante ver alguém dizendo que escrevo aqui só pra me mostrar. Sinceramente, sempre escrevi aqui porque eu sempre me senti bem em compartilhar o que estava sentindo, sempre foi assim. Talvez eu tenha me tornado vulnerável a muitas coisas e muitas pessoas com isso. Acho que é hora de mostrar quem eu realmente sou, ou em quem eu posso realmente me tornar. 

Agradeço a todos os poucos comentários que tive aqui no blog, agradeço as pessoas que as vezes tentaram me confortar com um comentário carinhoso, agradeço também a aqueles que vieram aqui e copiaram meus textos pra expressar o que estavam sentindo, e principalmente: a todos aqueles que viram tudo o que escrevi, leram e guardaram pra si. Meu muito obrigada a todos vocês que me leram durante esses 3, quase 4 anos escrevendo aqui. 

Sem dúvida alguma eu irei sentir muita falta de escrever aqui, mas acho que talvez essa seja a melhor escolha pra mim agora. Tenho poucos planos pra mim, mas espero que um dia possa contar a todos vocês. Quem quiser me encontrar, ainda estarei atualizando meu outro blog de fotografia, e ainda terei minhas redes sociais, mas todo o sentimento que eu colocava aqui, infelizmente não existirá mais.

Esse blog aqui serviu pra me mostrar que sou capaz de sentir muitas coisas e dizer sem vergonha e medo do que possa acontecer. Indiretamente tem muito de cada um que passou pela minha durante esses quase 4 anos, leiam que vocês iram perceber. 

Não sou boa em despedidas, e sinceramente não existe algo mais chato que isso não é? Enfim, gostaria muito de ter esse cantinho só meu, mas infelizmente as pessoas estão usando minhas palavras e transforamando elas em armas contra mim. Quem sabe um dia eu volte.

Aqui, deixo minha última música.
E meu agradecimento.
Um beijo,
Pâmella.

You May Also Like

3 comments

  1. Que triste!
    Eu fiz Unip com você (não deve lembrar de mim por que nunca conversamos), mas depois que vi que tinha esse blog acabei me identificando e gostando dele. Eu passei a ler sempre o seu blog, e gosto muito de ler as coisas que escreve...não fico comentando por que não queria que me achasse intrometida, sei lá.
    Mas não pude deixar de escrever que fico triste por saber que não escreverá mais e não poderei mais me identificar com as coisas que expressa.

    Beijos

    ReplyDelete
  2. Faço minhas as palavras da Vivian, só não na parte do "não queria que me achasse intrometida", por isso quando vi teu número no twitter corri pra te mandar um torpedo. De inicio nosso santo não bateu mesmo AHUAHUAHA só te conheço daqui e do twitter, mas gosto tanto de você (não sou doida) HAUAHA sempre quis ser tua amiga, mas não sei o motivo de nunca vir falar contigo. Me estresso contigo as vezes, guria hmm. Enfim, meu comentário nem era pra ser esse, era pra ser sobre a "luz", mas deixa pra lá.

    Babi

    ReplyDelete
  3. pamzinha Pamzinha, infelizmente não temos mais a mesma amizade de antes, nos distanciamos um pouco e hoje quase não nos falamos mais. Eu adorava passar as minhas tardes falando besteiras com vc. Uma pena!

    Mas de vez em quando dou um pulinho aqui e vejo o que você escreve, mas não para saber da sua vida, é pq gosto da maneira que escreve, vc escreve com o coração e isso é ARTE!

    Portanto acho q não deveria se desfazer do blog, mesmo que não escreva mais sobre sua vida pessoal, continue escrevendo, sempre! A quantidade de comentários ou de visualizações não importa, o verdadeiro artista gosta do processo de trabalho e não do resultado final.

    Bjos!
    Eder

    ReplyDelete

Obrigada pela visita :)