Ela tem o mesmo nome que eu.

by - November 13, 2011

Hoje vim falar de alguém que mora bem longe de mim, e que tem me mostrado algumas coisas que tem feito eu pensar bastante no que fazer daqui pra frente. Pequena pâm, me diz o porque a vida é tão injusta assim que faz você estar tão longe de mim? Eu ainda tento entender toda essa sintonia que sinto com algumas pessoas de tão longe. È um bem querer, uma vontade de estar sempre perto, sempre junto, e principalmente: uma vontade enorme de conhecer e tornar toda aquela coisa boa em realidade.

Sinceramente: de longe eu mal consigo acreditar que é real. 

A gente mal sabe como tudo isso acontece, e muita gente critica, acha que é uma grande besteira ter amizades e relacionamentos assim. Preciso ser sincera em dizer que me sinto confortável. È muito bom saber que alguém de tão longe se importa e se preocupa comigo, e me faz ver que as pessoas aqui de perto não valem nada, principalmente por estarem aqui e nem pegarem o telefone pra te chamar pra jantar.

Alguém, assim como você que gasta interurbano só pra ouvir a minha voz e perguntar se esta tudo bem. Essa pessoa sim, você deve levar pra sempre com você. De uma coisa eu tenho certeza: Te quero pra sempre comigo. Mesmo que longe, mesmo que ausente, eu sei que você vai lembrar de mim.

Obrigada, pelas pequenas e grandes coisas que você tem me trazido.
Continua mostrando o lado Pâmella que eu não consigo ter.
Eu adoro.

You May Also Like

2 comments

  1. Eu amei tudo que escreveu alí. Me fez chorar e nem eu sei porque. Enfim, pode ter certeza que eu estarei com você, minha Pâm <3

    ReplyDelete

Obrigada pela visita :)