Tudo o que você tem que mudar, é o que você é!

by - February 06, 2009

Eu sou mal-humorada, e bagunceira, eu consigo ser inquieta e isso é incrivel. Caio, às vezes eu caio tão depressa.. quando eu chego ao fundo do poço vocês são tudo o que tenho, é como se eu finalmente pudesse descansar minha cabeça em algo real. Eu gosto de como sinto isso, é como se vocês me conhecessem melhor do que eu mesma. Como vocês sabem tudo o que eu estou a ponto de dizer, sou tão óbvia? E se está escrito em meu rosto eu espero que isso nunca desapareça. Vocês acham que me conhecem. Palavras na rua é o que vocês fazem, vocês querem a minha história? O que os outros te dizem não é verdade! Eu caminhei mil milhas enquanto todos estavam dormindo, ninguém realmente vê meus milhões de sutilezas. Há feridas no meu coração e às vezes eu me obscureço, se vocês querem minha autobiografia, apenas me pergunte. Eu escutei vocês falando, bem, é minha vez agora, eu estou falando de volta... Olhe nos meus olhos, então você pode ver onde eu estou. Eu estou belamente destruída, e eu não me importo se vocês sabem disso, e eu não me preocupo se demonstro isso. Todo dia é um novo dia, que me faz relembrar o meu passado.. toda vez que há outra tempestade eu sei que ela não vai durar, todo momento eu estou cheia de esperança, porque eu tenho outra chance.. Não tenho nada mais para esconder. sem os altos e baixos para onde nós iríamos? Eu costumava pensar que eu estive bem, mas agora eu sei que eu tinha entendido errado.. Alguém me disse, que eu estou melhor de todo jeito. Meus amigos continuam me chamando, se preocupando comigo.. Eles dizem, que eu estou tão baixa, tão largada. As coisas finalmente finalmente estão melhorando, meu pés estão no chão mesmo quando estou presa. Eu sei que parece que as pessoas se importam comigo, porque elas estão sempre ao meu redor, mas quando o dia acaba todos correm. Quando o show acabar, e tudo estiver vazio, vai ser difícil encarar a volta sozinha. Então eu dou voltas pela cidade qualquer coisa, qualquer coisa para me distrair... Não tenho nenhum lugar para ir, nenhum lugar além da minha casa. Pode parecer que eu odeio tudo, mas tudo significa nada quando você desvia do caminho que você estava, te deixa se sentindo perdida! A tristeza do domingo de manhã é sempre culpa minha. Eu acordo sozinha no meu quarto, me culpo por todo o meu mau-humor, e eu realmente não queria me sentir assim. Eu quero romper o círculo, mas o círculo não se rompe. Nós rimos, nós choramos, e todo tempo nos sentimos tão vivos! Não preciso de um livro, não preciso de nada mais.

You May Also Like

0 comments

Obrigada pela visita :)